MISERICÓRDIA

Por volta de 1864, os freis capuchinhos instalaram um hospital em um terreno doado por Bento Monteiro da Silva, no Largo da Misericórdia, atual Praça Monsenhor Silva Barros. A clínica tinha o propósito de atender os “irmãos pobres e enfermos”.

 

Vista da região onde se instalou o hospital dos freis capuchinhos. Imagem: “Cidade de Taubaté (1855) – Vista tomada do Convento de S. Clara”. Publicada no álbum “Província de São Paulo”, 1870, Barão Homem de Melo. Acervo Rede de Memória Virtual Brasileira.

NOVOS NEGÓCIOS

Sem recursos para se manter, o hospital foi fechado entre 1874 e 1875. Nesse período, proliferaram-se na cidade clínicas particulares. O Dr. Sousa Alves, por exemplo, abriu uma enfermaria para escravos.

UMA SANTA?

No ano de 1876,o hospital passou a ser gerido por uma organização social, a Irmandade de Misericórdia, e recebeu o nome de “Hospital Santa Isabel”.

A Irmandade o administrou até 2004.

 

UMA PRINCESA

O nome de batismo do Hospital foi uma homenagem à Princesa Isabel, patronesse e uma das financiadoras da instituição. A princesa e seu marido, o Conde d´Eu, conheceram o estabelecimento durante visita ao município, em 1868.

Detalhe da imagem “Isabel, princesa do Brasil”, fotografada por Joaquim Insley Pacheco. Acervo Biblioteca Nacional Digital.

PROVEDORIA

O primeiro provedor do Hospital foi D. José Pereira da Silva Barros. Entre os provedores, figuram os nomes de Cel. Mariano José de Oliveira e Costa, Dr. Emílio Winther, Cel. José Pedro Malhado Rosa, Dr. João Urbano Figueira, Cel. Francisco Gomes Vieira, Felix Guisard, Felix Guisard Filho, Luiz Guimarães Vieira e Raul Guisard.

Busto de D. José Pereira da Silva Barros, fixado na praça do Bom Conselho.

MUDANÇA

Em 1914, o hospital foi transferido para a Avenida Granadeiro Guimarães e em 1976 mudou-se para a Avenida Tiradentes.

Hospital Santa Isabel na Av. Granadeiro Guimarães. Acervo Memorial Guisard

CORPO CLÍNICO

Entre os médicos que ali atenderam estavam Dr. Sousa Alves, Dr. José Ortiz Monteiro Patto, Dr. Hipólito José Ribeiro, Dr. José Luiz Cembranelli, Dr. Granadeiro Guimarães, Dr. Hugo Di Domenico e Dr. Urbano Pereira.

Inauguração do Dispensário Felix Guisard no Hospital Santa Isabel. Acervo Dr. Hugo Di Domênico.