De tudo um pouco

A Casa Philadelpho foi instalada no Largo do Mercado em 1924 e tornou-se um dos mais tradicionais armazéns da cidade.

Nela vendia-se praticamente tudo, de ferragens a cereais, para os moradores de Taubaté e cidades vizinhas.

 

Barbeiro e comerciante

O armazém pertencia a Benedicto Philadelpho da Silva, antigo barbeiro, que morava com a família em uma casa nos fundos do armazém.

 

Negócio familiar

Com a morte de Benedicto, em 1984, o negócio passou para as mãos dos filhos Acácio, Romeu e Julieta. O armazém fechou em meados dos anos 2000.

 

“A Casa Philadelpho permaneceu por vários anos como um dos maiores atacadistas de Taubaté.” Romeu Silva em entrevista ao Museu da Pessoa.

Curta o Almanaque Urupês no FacebookYoutubeInstagram Twitter para acompanhar o nosso trabalho.