Além o que?

O primeiro nome de Quiririm foi “além Paraíba”. Só no século 19 que ganhou o nome que tem hoje, em referência ao rio Quiririm situado à margem esquerda do Rio Paraíba do Sul.

 

Tupi

Segundo Hugo de Domenico no Dicionário Léxico Tupi-Português, Quiririm significa lugar de sossego e repouso onde a “chuva dorme”.

 

Surgimento

O distrito foi um dos quatro núcleos criados pelo governo no Vale do Paraíba para receber imigrantes italianos a fim de suprir a mão de obra na região. O núcleo foi instalado em 5 de janeiro de 1885.

 

Dono das terras

Aquelas terras pertenciam a Francisco de Paula Toledo. Sua fazenda foi dividida em 148 lotes que foram vendidos aos italianos. A distribuição das terras ficou a cargo do coronel Marcondes de Mattos, que dá nome à uma avenida do distrito.

 

Arroz e tijolos

Em Quiririm, os imigrantes se dedicaram a plantação de arroz a e a instalação de olarias. Os tijolos e telhas ali produzidos  foram utilizados na CTI, na Vila Santo Aleixo, no Palácio do Bispo,  no Colégio Bom Conselho e no Casarão Indiani, que sedia o Museu de Quiririm.

 

Primeira capela

A primeira capela do distrito foi inaugurada em 1895. Ela era dedicada à Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

 

Polo industrial

Nos anos 70, Quiririm se tornou o primeiro distrito industrial do município. O local, que começou a receber indústrias nos anos 60, foi favorecido pela proximidade com a Rodovia Presidente Dutra.

 

Primeira Festa

No ano de 1989 foi realizada a primeira edição da Festa da Imigração Italiana em comemoração ao centenário de instalação do núcleo.

 

Curta o Almanaque Urupês no FacebookYoutubeInstagram Twitter para acompanhar o nosso trabalho.